terça-feira, 29 de março de 2016

Prefeito Naldinho participa da assinatura do convênio do Projeto Trilhas Potiguares da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN com Prefeitura Municipal de Tibau.



Prefeitos de 12 municípios do Rio Grande do Norte (RN)  assinaram na manhã, desta terça-feira, às 11h, com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na Sala dos Colegiados, no prédio da reitoria, o convênio de participação do Programa Trilhas Potiguares 2016. Maior programa de extensão da UFRN, o Trilhas Potiguares possibilita a troca de experiências entre alunos e professores dos cursos de graduação da UFRN com as comunidades de todas as regiões do estado.


Portal lançado pelo Ministério da Saúde tem parceria da UFRN


O município de Tibau, foi selecionado para participa da edição 2016 do Trilhas Potiguares que consiste em um Programa de Extensão com efetiva interação entre a Universidade e a comunidade de pequenos municípios do Rio Grande do Norte, com até 15.000 habitantes. A ação em cada município participante constitui um Projeto de Extensão e o conjunto de municípios (projetos) forma o Programa Trilhas Potiguares.

OBJETIVOS DO PROJETO:
1. Identificar a realidade sócio econômica, cultural e ambiental dos municípios, para a realização de estudos localizados direcionados à execução de ações que contribuam para o desenvolvimento sustentável das comunidades.
2. Desenvolver projetos em áreas e temas específicos que integrem professores, alunos, técnicos e lideranças comunitárias, utilizando como referencial os princípios do desenvolvimento sustentável, no sentido de contribuir para a transformação da realidade.
3. Articular demandas de projetos específicos, de pesquisa ou extensão, para os municípios que possam ser desenvolvidos em parceria com os diversos setores da UFRN.
4. Contribuir para o processo de qualificação social dos membros da comunidade acadêmica, oportunizando novos cenários de ensino-aprendizagem, troca de saberes e o desenvolvimento de uma consciência crítica acerca do seu papel social.
5. Identificar lideranças locais e capacitá-las a fim de que se tornem agentes multiplicadores das ações desenvolvidas nas diversas áreas do Programa.

Prestigiaram o evento o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Alexandre Medeiros, e o coordenador de Tecnologia da Informação e Comunicação da Secretaria de Educação a Distância (SEDIS) e do Núcleo de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN, Ricardo Valentim.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Nenhum comentário:

Postar um comentário