sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Campanha de Vacinação em Tibau

vacinação

Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente
A Secretaria Municipal de Saúde, informa a população Tibauense que neste sábado (24), a partir das 08h, acontecerá o dia "D" da Campanha Nacional de Multivacinação em todas as Unidades Básicas de Saúde do município. Os responsáveis deveram levar suas crianças menores de 5 (cinco) anos e de 9 (nove) a menores de 15 (quinze) até a UBS mais próxima para atualização do cartão de vacinação.

O dia D da mobilização nacional será no sábado, 24 de setembro, e vai até 30 de setembro. Ao todo, foram enviadas às unidades da federação 26,8 milhões de doses, que serve tanto para a vacinação de rotina, no mês de setembro (7,6 milhões), como doses extras para a campanha (19,2 milhões). Serão cerca de 36 mil postos fixos de vacinação e 350 mil profissionais de saúde envolvidos nos 12 dias de mobilização.
Com a campanha de vacinação, o Ministério espera a redução das doenças imunopreveníveis no país e diminuir o abandono à vacinação. Como a vacinação será de forma seletiva para a população alvo, não há meta a ser alcançada.
Para reforçar a mobilização, o Ministério da Saúde lançou uma campanha publicitária que será divulgada em todo o país. Com o slogan “Todo mundo unido, fica mais protegido”, a campanha publicitária será veiculada na televisão, rádio e internet, com vídeos, banners, cartazes e jingles.
Para a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunização (PNI), Ana Goretti  Maranhão, o lançamento dessa campanha é importante, também, porque marca os 43 anos do PNI. “Em todos esses 43 anos de programa, temos uma história de sucesso: erradicamos a poliomielite e temos, ao longo dos anos, reduzido drasticamente uma série de doenças, além de manter as coberturas altas na maioria das oferecidas”, afirmou.

Macau/RN: Justiça condena Túlio Lemos por distribuição de panfleto ilegal e calunioso contra Zé Antônio

Juíza Andréa Cabral proíbe distribuição de panfletos com informação inverídica

A juíza Andrea Cabral Antas Câmara, da 30ª Zona Eleitoral de Macau, determinou, nesta quinta-feira (21), a proibição para que o candidato Túlio Lemos (PSD) distribua panfletos com informação inverídica, afirmando que “quem votasse em Zé Antônio (DEM) teria o voto anulado”. Com a decisão, Túlio está proibido de veicular tal informação mentirosa sob pena de R$ 10.000,00 (dez mil reais) a cada evento que caracterize o descumprimento de tal decisão.
O candidato Zé Antônio explica que não sofreu condenação, conforme divulgou a assessoria de Túlio, por divulgar pesquisas falsas. As pesquisas são verdadeiras e registradas. Apenas a justiça mandou corrigir informação sobre a data da pesquisa nº RN 05967/2016, que assegura vitória do candidato Zé Antônio por mais de 2.500 votos de maioria sobre o segundo candidato. Tanto que a pesquisa já está no Facebook do candidato, com autorização expressa da Justiça.
A pesquisa referida é a do Instituto Consult que foi contratada pelo jornal Potiguar Notícias e está registrada sob o número RN 05967/2016. Foram realizadas 420 entrevistas, no dia 10/08/2016 e a margem de erro é de 4.0% com confiabilidade de 95%. Veja AQUI a decisão da juíza da 30ª.
Por : Focoelho

Pesquisa AgoraSei revela: Naldinho tem 33% de vantagem sobre seu adversário

A primeira pesquisa registrada oficialmente para a corrida eleitoral no município de Tibau, aponta para uma grande vantagem do atual prefeito Josinaldo Marcos de Souza [PSD], “Naldinho”, que disputa a reeleição. Os números são do Instituto AgoraSei, que foi contratado pela Rádio FM Costa Branca, de Areia Branca. A sondagem foi realizada no dia 13 de setembro, ouvindo 300 pessoas. Está registrada na Justiça Eleitoral sob o número de protocolo 00088/2016.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Corpo do pescador da cidade de Porto do Mangue é encontrado em praia de Beberibe, no litoral do Ceará

Foto: O Porto Manguense
G1RN - O corpo de um pescador foi encontrado neste domingo (18) na Prainha de Canto Verde, no município de Beberibe, litoral leste do Ceará. O homem estava nas areias da praia, amarrado em uma boia sala-vidas.

Moradores da localidade viram o corpo e acionaram a polícia, que repassou o caso à Marinha. A Capitania dos Portos informou que está investigando se o homem morto é um pescador do Rio Grande do Norte, que está desaparecido desde a última segunda-feira (12).

Conforme o capitão-tenente Edson Ribeiro, da Agência da Capitania dos Portos de Areia Branca-RN, a família do pescador Wellington Pereira dos Santos, de 39 anos, foi chamada ao local para identificar se o homem é o pescador desaparecido.

De acordo com familiares, Wellington Pereira desapareceu durante uma pescaria com outro homem no município de Porto do Mangue, na Costa Branca potiguar. O outro pescador foi resgatado e informou que o barco havia virado devido os ventos fortes do local.

O pescador disse que ambos conseguiram voltar ao barco, mas ficaram à deriva. Depois, Wellington vestiu um colete salva-vidas, pegou uma bóia e se jogou ao mar em busca de outro barco, mas acabou sumindo.

II Tibau Street Skate


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Em Natal, doença da mancha branca em camarões é tema de palestras

Simpósio Guabi de Aquacultura acontece nesta quinta-feira (15) no Sebrae.

Pesquisadores debatem formas para evitar que a doença se espalhe.

A mancha branca é provocada por um vírus que ataca o sistema imunológico do crustáceo, levando a morte. O camarão infectado fica com pequenas manchas brancas na casca. (Foto: Reprodução/Globo)
Especialistas ministram, nesta quinta-feira (15), palestras sobre carcinicultura, com foco na convivência com a doença da mancha branca. O Simpósio Guabi de Aquacultura (SIGA) acontece às 14h no auditório do Sebrae, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.


O zootecnista afirmou que a melhor forma de evitar com que a doença se espalhe é manter as condições do viveiro próximas do ideal (temperatura, oxigenação da água, pH, salinidade, etc.) e sem muitas variações diárias, evitar trânsito de pessoas e veículos na fazenda, além de uma  alimentação adequada, de preferência com aditivos capazes de, comprovadamente, melhorar o sistema imune dos camarões.De acordo com o zootecnista João Manoel Cordeiro Alves, a mancha branca é provocada por um vírus que é difícil de controlar, já que se reproduz dentro das células dos animais afetados. “Toda doença é resultado de uma combinação de fatores: presença do causador da doença (patógeno), imunidade comprometida por outras doenças ou desafio provocado por desconforto ambiental, deixando os animais susceptíveis. A mancha branca não é diferente e não é raro ocorrer 100% de mortalidade”, disse. A doença é originária da Ásia e chegou ao Brasil em 2004. O camarão infectado fica com pequenas manchas brancas na casca.

Segundo a Associação Norte-Riograndense de Criadores de Camarão (ANCC), o Rio Grande do Norte reduziu em 54,7% a produção devido a enchentes e doenças, como por exemplo: a mancha branca, entre os anos de 2003 e 2013. Entretanto, a expectativa é que o estado volte a ocupar a primeira posição na produção nacional de crustáceos. Em 2015, a produção de camarão atingiu o número de 14 mil toneladas. Segundo a associação, a expectativa é de alcançar 17 mil em 2016.

Serviço
Simpósio Guabi de Aquacultura (SIGA)
Palestras: Carlos Alberto Alpoim Ferreira Júnior e João Manoel Cordeiro Alves, com a participação especial do doutor Albert Tacon
Local: Auditório do Sebrae, na Av. Lima e Silva, 76, Lagoa Nova
As palestras são abertas ao público do setor
Por : G1-RN

I Seminário de Sensibilização de Turismo em Tibau


Yves Guerra, do SEBRAE Natal


        Aconteceu na manhã de quinta, dia 15 de setembro, o I Seminário de Sensibilização de Turismo em Tibau, no plenário da Câmara Municipal, numa oportunidade para discutir ações para aquecer o turismo no município. 
       O seminário contou com a presença de Haroldo Azevedo Filho, vice-presidente da EMPROTUR, representando o Secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Ruy Gaspar; da consultora de turismo do SEBRAE-Ceará, Adriana Girão; Yves Guerra, gestor de turismo do SEBRAE Natal; Valdemar Belchior, do SEBRAE Mossoró; do Secretário de Turismo de Tibau, Wellington de Alcântara; de Lourdinha Rebouças, Secretária do Meio Ambiente e Urbanismo de Tibau.  
       O presidente da Câmara Municipal de Tibau, vereador João Nolasco Neto, presidiu os trabalhos e abriu o seminário falando como comerciante da área de entretenimento, dizendo que espera que o seminário dê uma motivada nos empreendedores locais, para que se sintam encorajados a investir. “A gente sente muito a redução do fluxo de vendas no dia a dia, cada vez mais o verão fica mais curto, Tibau tinha um verão que durava três meses, mas hoje se resume a três finais de semana, além do carnaval, precisamos elaborar um calendário de eventos dentro da realidade de Tibau, vejo em determinadas regiões como, por exemplo, Santa Cruz, em pleno sertão, com seca, mas que conseguiram consolidar como evento turístico. Aqui temos sete quilômetros de litoral, temos as salinas, acho que temos tudo para melhorar, não digo para resolver, pois ano passado o SEBRAE nos levou para conhecer outras regiões com turismo sazonalizado. Considero os comerciantes de Tibau uns guerreiros por manter uma infra-estrutura. Já estamos na frente de muitos municípios, a RN 013 duplicada, fartura de água, energia, e o comércio de Tibau é bom. Temos que melhorar, claro, na parte hoteleira. Temos uma frota de 50 taxis, índice de violência baixíssimo, temos muita coisa para mostrar, precisamos de um empurrão, viu, Haroldo? Diga ao governador que estamos precisando de motivação, sou comerciante e muitas vezes temos vontade de investir no vestuário do funcionário, num cardápio, mas ficamos com medo de não termos o retorno. Peço aos representantes do poder executivo municipal que após esse processo eleitoral, vamos preparar a cidade para o próximo verão, pois o fundo do poço da crise já passamos, agora vamos dar a volta por cima”, registrou Nolasco Neto.
        Em seguida, a consultora de turismo do SEBRAE do estado do Ceará, Adriana Girão, exibiu em datashow, material produzido nos meses de julho e agosto deste ano e explicou que este projeto Rota das Falésias vem sendo desenvolvido há dois anos. “O roteiro integrado ao estado do Ceará atinge oito municípios e por que não integrar no roteiro o Rio Grande do Norte? Como oferecer um produto se muitos serviços ainda não estão prontos? Precisamos investir em qualificação porque a força desses empresários é que vai fazer acontecer. Do contrário, não temos como enfrentar isso, pois são pré-requisitos para roteirização desse projeto. O SEBRAE e a Secretaria de Turismo de Tibau pode ter a melhor boa vontade do mundo, mas sem a colaboração dos empresários, nada vai sair do papel. O Rio Grande do Norte quer se integrar ao projeto e estamos correndo contra o tempo, duas etapas já foram cumpridas. Portanto, unam forças e conversem com outros empresários, esse destino Tibau no Rota das Falésias só será possível com o apoio e integração dos empresários”, enfatizou Adriana Girão. 
        Adriana Girão esclareceu que o objetivo da sua consulta é estruturar, fortalecer os produtos turísticos de Areia Branca, Grossos, Mossoró, Porto do Mangue e Tibau e assim potencializar a integração. O público alvo do projeto são as micro e pequenas empresas que possuam CNPJ localizadas nesses municípios, os órgãos oficiais de turismo, municipais, estadual e entidades de classes desses municípios, associação, grupos e conselhos municipais associados ao turismo, como artesanato, gastronomia, associações e cooperativas ligadas ao turismo, além de lideranças e entidades de classes representativas do poder. A proposta é integrar o território do Rio Grande do Norte na Rota das Falésias e integrar Tibau, que ainda não está integrado a Rota das Falésias, apenas iniciamos os estudos para ver a viabilidade disso. Ela espera que o mercado aceite essa idéia. “Pois se o mercado chegar aqui e não ver condições, ele volta, a gente propõe, mas quem decide é o mercado, é assim que funciona”, deixou bem claro.
        Durante os meses de julho e agosto, Adriana Girão fez um diagnóstico dos empreendimentos, produtos e roteiros. “Esse processo a gente trabalhou no Ceará, mas exige um monitoramento das ações, apoio a comercialização do roteiro, o envolvimento dos atores e criação e fortalecimento do grupo de trabalho, análise de mercado e planejamento estratégico do roteiro, qualificação e adequação dos serviços e apoio a implantação de novos empreendimentos. Se Tibau se integrar a Rota das Falésias,  é um novo olhar, um novo serviço que precisa se constituir para esse fim, pois várias ações estão previstas para esse projeto para o ano que vem, como participação em feiras e rodadas de negócios, por exemplo”, explicou. Adriana Girão disse que os produtos atuais que podem ser oferecidos na região de Tibau são o por do sol de Tibau; as Praias de Tibau e Manuelas, o passeio de barco rio Apodi-Mossoró, em Grossos e Areia Branca, a Praia de Pernambuquinho, em Grossos, com a prática de Kitsurf. Ela sugeriu que fossem criadas trilhas e pic nics nas falésias. A consultora de turismo fez um resumo do perfil do turista: “53% elegeu os atrativos naturais como principal produto dos destinos, mas que faltavam opções de passeio turístico”. Ela falou que paredões afastam o turista com qualidade, aquele que tem poder de compra e consumo, e que o turista que curte paredão só vem beber e produzir lixo”. 
     Ao final de sua explanação, Adriana Girão pediu a participação dos presentes, momento em que o empresário Saulo, proprietário da Pousada Beijo Mar, na Praia das Manuelas, pediu um mapa para montar um prospecto com os pontos turístico para que o turista possa ver, mesmo que os empresários venham a custeá-lo. “Precisamos e temos necessidade, pois chegar no restaurante ou pousada, com esse material faz com que o turista fique”, disse. Saulo sugeriu também iluminação à beira mar. “Com iluminação isso vai trazer mais pessoas na praia, à noite a praia é deserta, já que não há assaltos”. 
      Natalia Rodrigues é artesã de garrafas de areia colorida, lembrou que o SEBRAE estimula o artesanato local. “A gente às vezes fica até receosa de ter ideias, porque começa e para, faz tempo que a gente vem lutando, mas devemos acreditar sempre”, finalizou. Adriana Girão aproveitou a oportunidade e perguntou por que não oferecer oficina de areias coloridas nas pousadas? “No Ceará, as crianças participam e ao final ganham uma garrafinha, é uma idéia, uma saída, são varias sugestões, pode ser feita parceria dos artesãos com as pousadas, temos inúmeras possibilidades”, sugeriu Adriana Girão.
        A filha de Natália, Romayana, cantora, falou como representante dos músicos locais e ouviu de Adriana Girão sobre um empresário de pousada em Canoa Quebrada que investiu em músicos e se deu bem. “São iniciativas dessas que acabam abrindo esse projeto Por do Sol acústico, não somente para os hóspedes, mas para o público da cidade que vai ao restaurante e consome”.
        O professor tibauense, Macário Félix, graduado em Turismo, pela UERN, disse que vem batalhando há tempos pelo turismo local e sente-se desestimulado. Penso em desenvolver o potencial turístico na cidade, temos potencial, muita coisa interessante, queremos organizar isso, é importante esse projeto da Rota das Falésias, estou participando agora da primeira reunião e achei interessante o que Adriana colocou, que os empresários são extremamente importantes para participar desse projeto, é importante trazer a juventude, o esporte, as atividades culturais que possam se engajar no roteiro, daí vem as questões de políticas públicas, de repente o que o secretário de turismo e de meio ambiente pode fazer para trazer as pessoas para esses projetos, sabemos dos impactos sociais, o que esses turistas vão deixar na cidade? A importância também da participação das comunidades nesse projeto, que possa ser uma porta de desenvolvimento para nossa cidade”, desejou o jovem turismólogo. Deyvid Solano, falou como representante dos conselhos comunitários e disse que muito se fala sobre o potencial de Tibau. “Mas temos muito mais riqueza, há sítios arqueológicos e a cultura vai se perdendo no tempo”.
         Em sua última participação, Adriana Girão disse que o foco desse projeto é a comercialização, mas outros setores podem contribuir com essas ações. “Pode haver um intercâmbio entre as prefeituras da Costa Leste do Ceará, podemos fazer o intercâmbio com os lideres dessas associações com as associações de artesanato, etc., que poderiam vir promover palestras e outras atividades que em pequena quantidade podem vir agregando, por exemplo, uma associação de bugres pode começar com três veículos”, observou.
          Para Danielson Santos, representante do município no seminário, a reunião foi bastante produtiva. “Que essas questões trazidas pelo SEBRAE sejam aproveitadas e que a gente possa de agora em diante com esse grupo reunido em função do que está vindo por ai, agradecer a presença de todos e que realmente possamos realmente vestir a camisa da Rota das Falésias”.
        Yves Guerra, do SEBRAE Natal falou que o SEBRAE dispõe de consultoria e serviços para os empresários que não investem em publicidade e não se dão conta de que perdem muito. “Quem vem primeiro o turista ou vai investir primeiro sem o turista? O SEBRAE tem prestação de serviços desde a visualização, informática, já que o turista usa a internet para escolher seu roteiro, temos gente para fazer o desenvolvimento de websiter, bem como as práticas de cozinha, do empreendimento, no padrão que a vigilância sanitária exige”, e disponibilizou todos os serviços do órgão.
        Para finalizar, o Secretário de Turismo de Tibau, Wellington de Alcântara encerrou o evento dizendo que o objetivo foi alcançado. “Conseguimos trazer os gestores públicos e privados, esse foi o primeiro encontro específico, queo agradecer ao SEBRAE, ao representante da Secretaria de Turismo do Estado, acredito que se integralizar mais podemos alcançar nossos objetivos. Muitos empresários foram convidados mas faltaram por estarem desacreditados, estamos organizando a casa, em nome da secretaria de turismo agradeço a presença de todos.
         Valdemar Belchior, do SEBRAE Mossoró, agradeceu em nome do SEBRAE e dos parceiros, a presença de todos. “Vamos precisar da força de vocês para que essas capacitações possam acontecer”, encerrou. 
         Em seguida foi executado o Hino de Tibau. 

                                          
Consultora Adriana Girão

Tibauense Macário Félix, graduado em Turismo
                                             





Saulo, proprietário da Pousada Beijo Mar sugere mapa dos pontos turísticos


Texto e fotos de Lúcia Rocha
luciaro@uol.com.br

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Comerciante de Tibau tem Hilux tomada de assalto em Mossoró.

Um comerciante de Tibau (Nome preservado) teve sua caminhoneta Hilux de cor prata tomada de assalto, quando saía de um restaurante no bairro Nova Betânia em Mossoró/RN. 

O caso foi registrado pela Polícia Militar, no início da tarde desta terça feira 13 de setembro, nas proximidades do Viaduto de acesso a UNP. 

A vítima informou à Polícia que fez um saque em uma agência bancária e quando saiu do banco foi direto para o restaurante e ao término do almoço, quando entrou na caminhoneta, foi surpreendido por um índivíduo de capacete que de arma em punho quebrou o vidro da porta do carro e anunciou o assalto. 

O comerciante foi retirado de dentro de seu carro e deixado no local e teve o carro levado pelo bandido. As equipes da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE) e da Delegacia de Furtos e Roubos entraram em diligências e conseguiram localizar o veículo em um matagal no Assentamento Cabelo de Negro na zona rural de Mossoró. 

A Hilux foi conduzida à DEFUR para os procedimentos cabíveis. O carro foi encontrado praticamente intacto, apenas com o vidro da porta do lado do motorista quebrado e sem a quantia de 22 mil reais que estava dentro do veículo. 

A Polícia acredita que o criminoso que aparentemente agiu sozinho, tinha informação sobre a existência do dinheiro, o que na linguagem policial é chamado de fita passada.

Texto: Fim da Linha

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Operação do MP prende prefeito de Serrinha, RN

Fabiano Teixeira (PMDB) é suspeito de fraudar o patrimônio público.

Ainda são cumpridas outras 4 ordens de prisão e 17 de busca e apreensão.


Fabiano Teixeira de Souza, prefeito de Serrinha (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Fabiano Teixeira de Souza, prefeito de Serrinha (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
O prefeito da cidade de Serrinha, Fabiano Teixeira de Souza (PMDB), foi preso na manhã desta terça-feira (13) durante uma operação coordenada pelo Ministério Público do Estado. A suspeita é de fraudes ao patrimônio público. Por ter foro privilegiado, o mandado foi expedido a pedido da Procuradoria Geral de Justiça. Outros quatro mandados, expedidos a pedido da Comarca de Santo Antônio, também estão sendo cumpridos juntamente com 17 ordens de busca e apreensão.Serrinha fica a 90 quilômetros de Natal.
Segundo o MP, a operação Mal Secreto tem por objetivo desarticular um "esquema de desvio e subtração de recursos públicos instalado na Prefeitura de Serrinha". Foram expedidos mandados de prisão contra o prefeito Fabiano Teixeira e mais 4 pessoas. A prisão do prefeito foi decretada por ordem do desembargador Cornélio Alves, do Tribunal de Justiça do RN.
Ainda de acordo com o MP, são investigados crimes de "peculato, falsificação de documento público, lavagem de dinheiro e organização criminosa, entre outros". Em nota, o MP diz que "estão documentados desvios de mais de R$ 2 milhões podendo aumentar, pois contratos e pagamentos investigados chegam a R$ 9.582.491,97".
Além do prefeito, foram decretadas as prisões preventivas de Ewerton Luiz dos Santos Sobrinho, José Olímpio Paiva Arruda, Gilvan Alves de Lima e Silvio Leônidas Batista de Moura, por ordem do Juiz em exercício na Comarca de Santo Antônio, Rafael Barros Tomaz do Nascimento, com fundamento na garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal.
Na nota, o MP diz que no curso das investigações, "apurou-se que o prefeito de Serrinha simulou a contratação de diversas empresas, mediante montagem de inúmeros procedimentos de dispensa de licitação, com a finalidade de legitimar o desvio de recursos públicos dos cofres municipais".
"As microfilmagens dos cheques e informações obtidas junto à instituição financeira (Banco do Brasil) indicam que os cheques originais foram emitidos nominalmente a pessoas estranhas à suposta relação contratual, incluindo servidores da prefeitura, parentes e pessoas físicas e jurídicas ligadas ao prefeito, enquanto as cópias eram preenchidas e inseridas nos processos de pagamento como se os cheques tivessem por beneficiárias as empresas supostamente contratadas", diz a nota.
O esquema montado dentro da Prefeitura de Serrinha, ainda segundo o MP, tinha o comando do prefeito e "tinha a finalidade de pagar despesas pessoais do chefe do Executivo municipal, incluindo gastos de campanha e dívidas com agiotas, o que era instrumentalizado através do fornecimento de notas fiscais 'frias'".
G1/RN

NEON BENEFICENT PARTY


segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Tibau: Festa de Santa Terezinha - 1ª Chuva de Rosas

A Comunidade Católica de Tibau realizou neste sábado o primeiro arrastão Chuva de Rosas Após a santa missa realizada neste sábado (10), na Capela Rainha da Paz, vários fiéis saíram em arrastão pelas ruas da cidade, com músicas católicas
 em ritmo de frevo. O evento denominado "Chuva de Rosas", foi realizado pela primeira vez no município, e atraiu uma grande multidão.
Por : O Facho de Grossos
Informações e fotos: C. Católica Tibau







sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Canoa Quebrada é escolhida para gravação de desfechos de "Velho Chico"

Diretor artístico roda sequências finais de Afrânio, Encarnação e Martim no Ceará e em Alagoas ao lado de Antonio Fagundes, Selma Egrei e Lee Taylor 

Os desfechos de vários personagens estão sendo gravados no Nordeste do Brasil, como é o caso das últimas cenas de Encarnação (Foto: TV Globo)
Marcada pela representação da cultura nordestina, a novela Velho Chico, da rede Globo, voltará a ter cenas gravadas no Nordeste. As cenas iniciais da novela tiveram como cenário uma fazenda de algodão no município de Baraúna, a 37km de Mossoró. 
Já na reta final, o folhetim terá cenas filmadas em Piranhas, em Alagoas e Canoa Quebrada, em Aracati, Ceará. A novela está há um mês de seu final. 
"Estamos indo para Alagoas e para o Ceará gravar os defechos de alguns personagens. Teremos Encarnação (Selma Egrei) nas margens do rio São Francisco, em Piranhas (AL), e Afrânio (Antonio Fagundes) nas dunas de Canoa Quebrada (CE)", destacou o diretor artístico Luiz Fernando Carvalho ao GShow. 
Para ele, o retorno às raízes do Brasil é essencial para completar o desenho artístico que desenvolveu para a novela. "Neste final, voltamos a este território com cenas mais dramáticas. Voltamos para escancarar ainda mais a janela da brasilidade que abrimos, para agradecer às águas do São Francisco e, deste modo, lutar ainda mais pela sua sobrevivência", explica Luiz Fernando Carvalho.
Ainda durante a semana, Luiz Fernando Carvalho volta aos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, para dar prosseguimento às demais gravações. Até o fim do mês, a equipe ainda retorna para o Nordeste para rodar outros desfechos, como o de Luzia (Lucy Alves), Miguel (Gabriel Leone) e Olívia (Giullia Buscacio), Cícero (Marcos Palmeira) e Dalva (Mariene de Castro), Bento (Irandhir Santos) e Beatriz (Dira Paes), Santo (Domingos Montagner) e Tereza (Camila Pitanga).